17.4.07

Step-by-step / Passo-a-passo




This is an illustration I've done last week for Veja (a brazilian weekly magazine). The subject was "Dieting puts weight on you" so I though it was a good idea to use the beauty ideal of Botticelli's Venus and then add an accordeon to play the part the cycle of quick weight loss, followed by a rebound weight gain . The editor found it was not obvious enough, so I added a scale on the bottom, as you can see on the second image. Nonethless, it proved not to be good enough and they've decided to go for a photograph instead.
Well, an illustrator's life is not always as easy as many you think... I get very disapointed sometimes, but that's my life, that's what I do for a living and I must learn to deal with it the best way I possibly can. It is also good to make me aware that I am not always right, and that I cannot think that something is good just because I've put a lot of effort on it. Sometimes it is just not enough. Deal with that!
Esta é uma ilustração que eu fiz semana passada para a Veja. O tema era "Fazer dieta engorda", então eu pensei que seria legal usar o ideal de beleza da Vênus de Botticceli e acrescentei o acordeon para ilustrar o "efeito sanfona". O editor achou que não estava suficientemente óbvio, então coloquei uma balança na parte de baixo, como vocês podem ver na segunda imagem. Mesmo assim não foi o suficiente e eles decidiram-se por uma foto.
Bem, a vida de um ilustrador não é sempre tão fácil quanto muitos imaginam... Eu fico desapontada muitas vezes, mas esta é a minha vida, meu trabalho e eu tenho que aprender a lidar com isso da melhor maneira possível. Isso também é bom para me fazer ver que nem sempre estou certa e que não posso pensar que uma coisa é boa só porque me esforcei fazendo-a. Às vezes isso não é o suficiente. E durma-se com um barulho desses!


6 comentários:

Bill Z disse...

too bad - well I like - especially the hair. the pencil sketch also looks like its got a lot of life

Paulo Chagas disse...

Fernanda, ver um trabalho ser recusado é algo muito chato. Criamos um trabalho como um filho: com a esperança de não ter um desgosto no fim....

fernanda lino disse...

Olá!
bem, eu tenho certeza que a vida de ilustradores não é nada fácil! basta ver o desespero dos ilustradores da ag em alguns momentos.. rs.. bem, qto a minha vida então... os olhos das pessoas geralmente brilham quando eu digo que sou publicitária.... mas, elas não fazem a míiiiinima idéia de como é o meu dia a dia! rs
enfim, ossos do ofício!
beijos e sucesso!

sam disse...

a veja é assim mesmo, as coisas têm que ser óbvias e um poucos bobas. acho que eles pensam que as pessoas são burrinhas :P
o que me deixa mais irritada é que o teu desenho, além de lindo, está bem explícito: mas de forma mais inteligente, elegante e interessante.

Lady Guedes disse...

Obrigada pela solidariedade de todos. Na verdade, a rejeição não doeu tanto porque me pagaram, mesmo não usando a ilustra.

Sidney Falcão de Carvalho disse...

Olá, Fernanda,
Esta é a primeira vez que visito o teu blog.
Sou ilustrador, trabalho num estúdio com uma equipe. Lendo sobre a sua ilustração da "Vênus" do Botticceli, vi que casos como esse, acontecem com a gente também.
Já houve situações onde eu fiz duas idéias para uma ilustração:uma mais óbvia e a outra mais "viajada". Eu apostava com a equipe que o cliente iria apostar na idéia óbvia enquanto que a turma na idéia mais criativa; a galera achava que seria impossível o cliente não escolher a idéia mais original.
No final das contas, o cliente acabava escolhendo pela idéia mais conservadora e eu ganhando a aposta (risos).